Amor da Minha Vida

(Raul Sampaio e Benil Santos)

 

Amor da minha vida

Tão longe estás de mim

Meus olhos te procuram

Ânsias me torturam

Sofro tanto assim

Meus dias são tão tristes

As noites muito mais

E desde que partistes

Amargura existe

Me roubando a paz

Oh! Luz dos olhos meus

Metade do meu ser

 

Que amarga diferença

Sem tua presença

Neste meu viver

 Amor da minha vida

Estou na solidão

Trocaste por saudade

A felicidade do meu coração

 

78 RPM V802194a 1960