Balaio

(Zé Dantas e Luiz Gonzaga)
 

Balaio, balaio, balaio

Me segure se não eu caio

Balaio, balaio, balaio

Me segure se não eu caio

 

Essa dança é bem gostosa

Mas precisa ter cuidado

Que a muié sendo dengosa

O “Cabra” fica apaixonado

Num dia dançei soltêro

No outro tava casado

Cabra casamenteiro

É esse delegado

 

– Participação no Disco de Januário em 1950