Bandinha de Fé

(Hidelito Parente)

 

Quanta saudade

Daqueles tempos de ouro

Quando a bandinha de couro

Alegrava o meu sertão

Tocando em feira

Igreja, renovação

Onde quer que a banda fosse

Era aquela animação

 

Toca bandinha, toca

Eu quero ver-te de novo

Alegrando este meu povo

Que de ti saudade tem

Toca bandinha, toca

Com cadência e humildade

Pra matar esta saudade

Que eu sinto de alguém

 

Simplicidade

Era o tom da harmonia

Desfilando com alegria

Toda bandinha de fé

Era o sucesso

Nas festas da Padroeira

Alegrando padre e freira

Era o esquema muié

 

Era bonito

Quano os tocador passava

Que a banda zabumbava

Surpreendendo a multidão

Com o progresso

Tudo isso foi passando

Só lembrança foi ficando

Dos folguedos do sertão 

 

LP: CAPIM NOVO; 1976; RCA