Buraco de Tatu

(Jadir Ambósio e Jair Silva)

 

Não boto a mão

Em buraco de tatu

Que é muito perrigoso

É preciso ter cuidado

Lá dentro pode ter um cascavel

Ou um urutu esperando

Com o bote armado

Não boto a mão

Em buraco de tatu

Que é muito perigoso

É preciso ter cuidado

 

Lá no meu roçado

No meio do mandiocal

Tem muito buraco de tatu

O meu irmão

Que é muito enxerido

Botou a mão puxou um surucucu

Bem feio

Quem foi que te mandou } bis

Enfiar a mão me buraco de tatu

78 RPM V801570a 1956