Capital do Agreste

(Onildo Almeida e Nelson Barbalho)

 

Quem conhece o meu Nordeste

Certamente há de saber

Que Caruaru, de bonito

Há cem anos veio nascer

 

De fazenda Cururu

Povoado se tornou

Foi crescendo, foi crescendo

E à Vila, logo chegou

João Vieira de Melo

Coronel Cabra da Peste

Da vila fez a cidade

Hoje Capital do Agreste

Oh!Cidade encantadora

Terra do Major Dandinho

Neco Porto, João Guilherme

 

O saudoso Vigarinho

O progresso foi tão grande

Tudo, tudo evoluiu

Tem escolas, tem abrigos

Também Hospital Infantil

As igrejas são tão lindas

Habitantes, mais de cem mil

Pedaço de Pernambuco

Orgulho do meu Brasil

 

Oh! Cidade Centenária

Caruaru!

És bonita, és lendária

Caruaru!

Teus caboclos tão cantando

Não há terra como tu

Quem tá longe, tá chorando

Longe de Caruaru

Caruaru, Caruaru

Caruaru, Caruaru } bis

78 RPM V801793b 1957