Chofer de Praça

(Evaldo Ruy e Fernando Lobo)

 

Juntei dinheiro

Quase o ano inteiro

Entrei para a escola

Para ser chofer

Dessa maneira

Sem fazer besteira

Tirei a carteira

Botei meu boné

 

Batendo pino

Sigo meu destino

Caminhando

 

Para onde Deus quiser

A vida passa

Vou fazendo a praça } bis

Primeira, segunda-feira

Prize e marcha-ré

 

Se o freguês reclama

Que eu sou vagaroso que meu carro é velho

E faz muita fumaça

Eu não me zango

Não faço arruaça

Sou bem educado

Sou chofer de praça

Ai, ai, não nego a minha raça

Ai, ai, eu sou chofer de praça } bis

 

Para casamento

Tenho um terno branco

Para batizado

Tenho um terno azul

Tiro o boné

Se vou pra zona norte

Boto o boné

Se vou para o sul

Se apanho um casal

Pros lados do Leblon

Sei que vou parar

Na Gruta da Imprensa

Viro o espelho

Não falo e não vejo

Vou dar meu cortejo

Espero a recompensa

78 RPM V800695a 1950