Eu e Meu Fole

(José Marcolino)

 

A tradição

Desse meu fole velho

É conservada na alma do povo

Batendo junto na nossa raiz

Para fronteiras de um mundo novo

 

Eu e me fole

Pela vida fora

Atravessando duas gerações

As alegrias que sentimos juntos

Somos parceiros nas recordações

Eita fole véio

Meu presente, meu passado

 

Carregamos, juntos

Neste teu resfolegado

 

Este meu fole

Quer sempre um motivo

Retrato vivo lá no meu sertão

Das cavalhadas, das vaqueijadas

Festa de ano, noite de São João

Das belas coisas dos tempos de hoje

E de outros dias que bem longe vão

 

O fole é a vida deste cantador

E pro lugar que eu vou, meu fole vai

Esta puxada que eu faço nele

Vem das pegadas do meu velho pai

FORRÓ DE CABO A RABO; 1986; RCA-Camden