Eu Me Enrabicho

(João Silva e Pollyana)

 

O cabra bom no fole

Na latada, no capricho

Eu me enrabicho, eu me enrabicho (bis)

Uma nega boa no pé

Vige! Como eu me enrabicho

 

Não latada, no capricho

Eu me enrabicho, eu me enrabicho

Porque meu quengo fica aquele reboliço

Feita abelha no cortiço

Na chuvada de janeiro

Como bom forrozeiro

Já entro no forró

Fungando só, fumando brasa

 

Arrastando a asa

Feito pinto assanhado

Quando vê o matuleiro

E quem falou

Que o forró de chão batido

Não tem valor

Deve ser doido varrido

Ou deu no pai

Xingou a mãe,matou a vó

Não fundamelô

Repita no goro

E pra mulher

Todo cheio de êin, êi, êim

Porque forró moça bonita (bis)

Tira-gosto com birita

Nunca fez mal a ninguém

FORRÓ DE CABO A RABO; 1986; RCA-Camden