Meu Pajeú

( Luiz Gonzaga e Raymundo Granjeiro)

 

Já faz um ano e tanto

Que eu deixei meu Pajeú

Com tanta felicidade

Vim penar aqui no sul

Ai, hum!

Ai meu Deus

O que é que eu vou fazer

Longe do meu Pajeú

Não poderei viver

 

São Paulo tem muito ouro

Corre pratas pelo chão

O dinheiro corre tanto

Que eu não posso pegar não

Ai, hum!

Ai meu Deus

O que é que eu vou fazer

Longe do meu Pajeú

Não poderei viver

 

Paulista é gente boa

Mas é de lascar o cano

Eu nascí no Pajeú

Mas só me chamam de baiano

Ai, hum!

Ai meu Deus!

O que eu vou fazer

Longe do meu Pajeú

Não poderei viver

 

No dia em eu voltar

Vou fazer uma seresta

Vou rezar uma novena

Ao bom Jesus da Fuloresta

Ai meu Deus

O que eu vou fazer

Longe do meu Pajeú

Não poderei viver

78 RPM V801855b 1957