Passo Fome Mas Não Deixo

(Luiz Gonzaga e João Silva)

 

Morro de fome

Troco o nome mas num deixo

Me dê amor

Um tiquinho desse remelexo

Mudo meu nome

Passo fome, mas não deixo

Estou doidinho

Pro tiquinho de remelexo

 

Lá em casa

A mulherada toda forrozeira

E o forró de lá é de sexta-feira

Até segunda-feira

Mas s e no maior sufoco

Mandar eu dançar um côco

E eu aí tum

 

Nascí no côco e no forró é pra melhor

Num troco xote e forró

Por dinheiro nenhum } bis

 

Por dinheiro nenhum

Por dinheiro nenhum

Num troco xote e forró

Por dinheiro nenhum } bis

FORRÓ DE CABO A RABO; 1986; RCA-Camden