Só Vale Quem Tem

( Zé Dantas e Luiz Gonzaga)

 

Quem aos vinte não barbou

E aos trinta não casou

Aos quarenta ta sem ter nenhum vintém

Coitado do pobre

Não barba, não cassa, não tem

 

Aos vinte ano eu barbei

Aos vinte ano eu casei

Aos quarenta rico, serei

Que digam os anjos amém

Pois no céu só vale quem prestas

Na terra só vale quem tem

 

Sei que o amor não tem preço

Mas se o dinheiro ofereço

Desilusão não padeço

Num digo que eu compro paixão

Mas com muito gosto se arranja

Uma boa imitação

78 RPM V801416b 1955