Saudades de Helena

( Antonio Barros)

 

Saudade ta me matando

Helena vem me buscar

Eu passo as noites chorando

E os dias passo a chorar                  bis

 

Sem Helena a minha vida

É tristeza, é solidão

É seca braba no norte

É morrer na inundação

É brincar com a tristeza

É viver sem poder viver

É morrer de amor por um beijo

É a luz dos olhos não ter

 

O nosso amor é tão grande

Maior que o nosso não tem

Helena me compreende

Juntinhos vivemos bem

Mas logo vem a saudade

Distantes vamos ficar

Se Helena fica chorando

Eu também fico a chorar

CANAÃ; 1968; RCA VICTOR