Se não Fosse Esse Meu Fole

(Luiz Gonzaga e Severino Ramos)

 

Lutei que nem boi manso

Naquele sertão

Puxando cobra pros pés

Enxada na mão

Não vendo este meu fole

Nem por um castigo

Eu não vou me separar

De meu melhor amigo

 

Se não fosse esse meu fole

Que me deu o nome

Há tempo que eu já tinha

Morrido de fome                    Bis

 

Ai  sanfona
Sanfona véia

Tu és minha dona      bis

 

Eu passo

Todo mundo fica a comentar

Aquele moço ta rico

E vive de tocar

Quando eu chego numa festa

Que abro o meu fole

As meninas se remexem

Todo mundo bole

 

Se não fosse este meu fole

Que me deu o nome

Há tempo que eu já tinha

Morrido de fome                              bis

 

Ai, sanfona

Sanfona veia

Tu és minha dona                            bis

AQUILO BOM; 1972; RCA