Vaqueiro Véio

(João Silva – J. B. de Aquino)

 Vaqueiro véio sentadoNa varanda da moradaEstrupiadoJá não tange mais boiadaFica chorandoQuando passa outro aboiando Êêê boi…Lembrando o tempoQuando bom vaqueiro foi……..bis Vaqueiro véioA velhice é tão mesquuinhaNão é tua, não é minhaPara todos vai chegarTe consola vaqueiroSolta aboio vaqueiroQue sorrindo ou chorandoAmanhã senta outro em teu lugar Êêê boi…Lembrando o tempoQuando bom vaqueiro foi……..bis Vaqueiro véio sentadoNa varanda da moradaEstrupiadoJá não tange mais boiadaFica chorandoQuando passa outro aboiando Êêê boi…Lembrando o tempoQuando bom vaqueiro foi……..bis Vaqueiro véioA velhice é tão mesquuinhaNão é tua, não é minhaPara todos vai chegarTe consola vaqueiroSolta aboio vaqueiroQue sorrindo ou chorandoAmanhã senta outro em teu lugar Êêê boi…Lembrando o tempo

Quando bom vaqueiro foi……..bis

AQUILO BOM; 1972; RCA