Xêem

( José Clementino e Luiz Gonzaga)

 

Eu vou contar uma história

Que se deu lá em Belém

De uma veia farrista

Que nunca amou ninguém

E nesse vai e vem

E nesse vem e vem

Um dia gostou de um veio

Caíram no xêem

 

Xêem, xêem, xêem, meu amor

Xêem, xêem, xêem………………………………….bis

 

Foram atrás de um sanfoneiro

Na casa do Chico Além

O cabra trouxe uma orquestra

Igual aquela não tem

E nesse vai e vem

E nesse vem e vem

A veia disse pro veio

É nós dois no xêem

 

Xêem, xêem, xêem, meu amor

Xêem, xêem, xêem………………………………….bis

 

Entre dama e cavaleiro

Com uma hora tinha uns cem

O veio disse pra veia

Não esmoreça meu bem

E nesse vai e vai

E nesse vem e vem

A veia gritou pro veio

Me arroche no xêem

 

Xêem, xêem, xêem, meu amor

Xêem, xêem, xêem………………………………….bis

– Compacto 1957