Xengo

(Rildo Hora e Humberto Teixeira)

 

Xengo olha a barra

Grela, chumbo só

O céu ta mais

Bem que mimosa

Meu Deus, num é que os dois

Vão dar cria juntinho

 

Xengo, olha te ajoelha

Filho beija o pó

Afaga esta nesga de terra

Que é nossa

Eu e tu e mãínha

Já ta chovendo

 

O sol que sangrava

Em lavas de luz

Queimando tudo

Agora é manso

Capeta que virou Jesus

 

Quanto verde

Xengo, olha o rio

Plantinha de ver que molhada

A terra é cabocla no cio

Traz vida e amor

 

Lugar como este

Eu juro Xengo, não há

E então quando chove

Até Deus, quer vir morar………bis

70 ANOS DE SANFONA E SIMPATIA; 1983; RCA