‘Salve a terra de Luiz Gonzaga’, diz Paul McCartney em Recife

Recife, 23 de abril- Dessa vez, Paul McCartney foi ainda mais certeiro. "Salve a terra de Luiz Gonzaga", ele disse, em português, logo após cantar Drive My Car. Na segunda apresentação do cantor no Recife, nesta noite de domingo, para um público estimado até o início da noite em 30 mil pessoas, os Beatles se encontraram com o Rei do Baião, uma das fusões nunca imaginadas do mundo do pop. E justamente no centenário de nascimento de Gonzagão, o que configura uma jogada de mestre.

paul_mccartney_no_recife.jpg

Bem escolado, Paul toca no coração do povo pernambucano com os hits (ele abriu o show pontualmente, às 21h30, com Hello Goodbye) e com sua vocação para diplomata de palco. Já está quase  se tornando íntimo do Recife – um boneco gigante do carnaval pernambucano, com a sua cara, desfilava pelo meio do público, juntando Sgt. Pepper’s com O Homem da Meia-Noite. É uma peça da coleção da maior fã de Paul no Recife, Claudia Tapety, do Recife, cuja casa é uma verdadeira Liverpool. Ela possibilitou uma festa para os fãs, que tiravam fotos com o boneco e dançavam em volta dele.

O elogio a Luiz Gonzaga, em seu centenário, mostra uma disposição de McCartney em usar sua popularidade para despertar em suas plateias o melhor delas mesmas.

 

www.estadao.com.br